14 de maio de 2011

Rodeio Otacilio Costa - 2011

Rodeio e acampamento 

Barraca,
colchão,
fogareiro,
caixa térmica,
água quente, erva na cuia e um mate recém cevado...
se bandiemo pro rodeio.
A semana inteira torcendo pra que não chovesse no fim de semana,
Descarregar tudo,
arrumar barraca,
encarar banheiros não muito agradáveis,
banho, geralmente, frio...
mas tudo é festa.
Tiro de laço, exposição
baile à noite.
Gente bonita, caminhões e cavalos.
Um eito de campo coberto por lonas alaranjadas e azuis.
No baile vai campeiro e vai cola fina também
mas não dá nada o importante e gastar a sola da bota
até o amanhecer.
No domingo assar o churrasco.
Vizinho chegue tomar um mate
Tá servido de um pinhão cozido?
Uns sentam no banquinho, outros nos pelegos
outros no chão mesmo
todos se ajeitam pois o almoço tá servido.
De tarde uma olhada nas laçadas,
o pingo encilhado pra segunda volta e terceira volta
Que Deus ajude chegue no individual.
É fim de rodeio,
desarmar barracas
guardar as tralhas
carregar os cavalos
e se bamo embora que já é noite alta
e amanhã é segunda-feira.

(Alva Gonçalves)


Abaixo umas fotos do rodeio do último domingo.

















Postar um comentário