15 de abril de 2009

Lindas Imagens de J. G. Martini

Pra variar um pouco, mais uma das minhas paixões, a Tradição Gaúcha, a música, alguns costumes, digo alguns costumes porque tem coisas que não gosto e não apóio, principalmente no que diz respeito aos animais, enquanto alguns são bem tratados, tem de tudo outros são mal tratados, machucados e isso eu acho absurdo. Mas me agrado da lida, das pilchas, de um bom mate num fim de tarde, das lindas letras e melodias da música nativista, dançar um baile e adoro festivais.
Segue a letra de uma música dos Monarcas, não sei se está correta pois copiei do vaga lume e achei um monte de erros, já corrigi mas talvez ainda tenham ficado alguns, as imagens são todos de um fotógrafo que admiro muito, muito, muito, José Guilherme Martini, que retrata a vida no campo e principalmente os cavalos Crioulos, as fotos dele são uma mais linda que a outra e podem ser encontradas no site www.crioulos.com.br que foi de onde salvei as imagens que seguem!

O Gaúcho e o Cavalo

(Os Monarcas)

Me cansei de patacoadas
E fandango sem rodeios
Tardes de falsos campeiros
Que montam o potro com freio


Chega de brutalidades
De rasgar o cavalo ao meio
Porque cavalo e gaúcho
Desta pátria são esteio

Quem sou eu sem meu cavalo
O que será dele sem mim
Talvez dois seres perdidos
A vagar pelo capim

Quem sou eu sem meu cavalo
O que será dele sem mim
Porque quando morre um cavalo
Morre um pedaço de mim

Nunca se monta num potro
Sem antes amanunciá-lo
Parceiro a gente conquista
Não prende a força de pealo

Tem que respeitar o amigo
Que nos serve de regalo
até nossa independeria
Foi feita sobre o cavalo

Quem sou eu sem meu cavalo
O que será dele sem mim
Talvez dois seres perdidos
A vagar pelo capim

Quem sou eu sem meu cavalo
O que será dele sem mim
Porque quando morre um cavalo
Morre um pedaço de mim

Um gaúcho sem cavalo
É um arreio sem estribo
É igual a um pajé solito
Sentindo a falta da tribo

É um andante sem destino
Que não acha lenitivo
É um ser sem ideal
Que não honra o chão nativo


















Postar um comentário