13 de maio de 2013

Passeios e Viagens: Florianópolis (novembro/2012)

Feriadão, marido conseguiu uma folga e resolvemos dar uma passeada.
Como eu mal conhecia a capital, e ele não ia para lá há muito tempo, decidimos fazer uma viagenzinha à Floripa.
Essa, acho que, foi a primeira viagem que fizemos sozinhos sem ser para visitar ou ficar na casa de alguém, e além disso decidimos de última hora. Conclusão: foi totalmente sem planejamento e poderíamos ter aproveitado muito mais. Não, que não tenha sido boa, foi sim, muito legal, mas a falta de planejamento atrapalhou um pouco.
Decidimos viajar dois dias antes, então a correria foi total. Nessa noite ficamos procurando algum hotel ou pousada na internet, ligamos para vários, mas estavam todos lotados, até que achamos a pousada Flori galô, é super simples, mas era o que precisávamos.
No outro dia... correria. Depósito para a reserva das diárias, abastecer o carro, calibrar pneus, organizar a casa, deixar tudo arrumado para os gatinhos, etc.
No dia em que saímos de viagem eu trabalhei até o meio dia e o marido até as 14:30, ou seja, mais correria. Eu saí do trabalho, passei em casa, arrumei as malas, engoli alguma coisa, organizei tudo para deixar os gatinhos (como eram apenas 3 dias, os gatinhos ficaram sozinhos, isso é o limite máximo, acima de 3 dias é preciso pedir pra alguém vir olhar eles), e passei no trabalho buscar o marido. De lá direto para Floripa. Pegamos a estrada.


Chegamos ao anoitecer. A viagem daqui a Florianópolis é rapida, mas fomos com tranquilidade, paramos para fazer lanche, tirar fotos. Enfim, vestimos o uniforme de turistas!







A pousada como falei é bem simples. mas as diárias são bem em conta e o ambiente é muito legal, tem uma pegada ecológica e de preservação do meio ambiente, e é bem familiar. Ficamos num quarto no segundo andar, é todo de madeira, bem charmosinho, banheiro bom, achei bem legal.







Eu comprei uma mala para essa viagem, pois eu só tinha bolsas, e achei que tava na hora de modernizar, só que errei no tamanho. Quando cheguei na loja para comprar, a mala tamanho M e a tamanho G estavam no mesmo preço, e eu (bem bocó) peguei a maior. Ah, sim a maior, porque vai ter mais espaço, cabe um monte coisas, vai ser ótima. Vai sim... pra viajar pra Inglaterra!

(Lilica analisando o material!)


Porque pra viajar daqui ali, não precisava um trambolho desse tamanho e super pesada (claro porque eu a enchi, quanto mais espaço se tem, mais se usa). Enfim, com uma mala daquele tamanho e sem planejamento eu acabei levando muita coisa que não precisava, e esqueci de coisas básicas tipo: biquini (É eu estava indo pra Florianópolis... sol, mar, calor, e esqueci de levar biquini).
Mas levei um monte de sapatos! Que não usei. E calça jeans... e camisas pro marido...
Enfim, no dia que chegamos sobrou só a noite mesmo para aproveitar, e como estavamos super cansados saímos pra jantar demos umas voltas pela cidade e voltamos dormir.
Detalhe, sem programação e sem pesquisa sobre restaurantes e etc, meu marido resolveu que queria comer na Pizza Hut. Não é que tenha sido ruim, mas não é aquela maravilha, podíamos ter escolhido melhor se tivéssemos feito um planejamento de viagem.
No primeiro dia que "amanhcemos" em Floripa saímos logo cedo para conhecer alguns pontos turisticos e rodar pela cidade (sem nenhum roteiro traçado... muito amadores).

Fomos na Ponte Hercilio Luz

 
 


Na Avenida Beiramar
 

 

Beiramnar Shopping - Que estava todo enfeitado para o Natal!
(eu sei que shopping não é bem um "ponto turístico", mas nós somos bichinhos do mato, não temos shopping na nossa cidade - tem uma galeria com lojas, cinema e praça de alimentação que chamam de shopping - então gostamos de novidades)
 


 
Almoçamos no Mercado Público
 
Roubei essa foto da internet, não lembro o site :(
 

 
 
 
À tarde fomos conhecer Jurerê

 
 
A praia é linda, o bairro super bacana, casas maravilhosas...
O mar é super calmo, marido entrou na água, mas eu estava sem biquini então fiquei só na areia.
 
 
 
 
À noite fomos comer pizza.
Mais um erro da falta de organização, programação e roteiro de viagem.
Tantos restaurantes para conhecer e acabamos comendo pizza!
No outro dia fomos passear na Lagoa da Conceição e conhecer as Dunas da Joaquina.
 
 
Lagoa da Conceição
 

 
Skysurf (acho que é isso) na Lagoa da Conceição
 
 
Quando meu marido falou em Dunas da Joaquina, eu não me empolguei muito. Pensei, poxa, ir lá fazer o quê? Ver areia e fazer skibunda???
 
Então você chega e vê isso:
Tudo normal né?
 
Então você sobe pela areia e quando chega no pico das dunas dá de cara com isso:
 
Que visual maravilhoso, não dá para acreditar. É tudo muito lindo, olha o mar bem azulzinho, lindo, lindo, lindo...
 


 
 


Passamos o dia na Praia da Joaquina, eu peguei um sol, e o marido não saía da água.
Estava um ventinho meio frio, então preferi não arriscar entrar no mar.
 

 
 
No final da tarde pegamos a estrada de volta pra casa.
Jantamos em um restaurante simpático em Bom Retiro, chegamos em casa por volta das 22h.
A viagem foi muito legal, aproveitamos bastante, nos divertimos, mas admito que se tivéssemos planejado, feito um roteiro, lido mais sobre a cidade e etc, seria muito melhor.
Então, fiz esse post pra deixar arquivadas minhas impressões sobre Florianópolis, e também pra lembrar que sempre que for viajar, tenho que me organizar e fazer uma programação bem feita.
Acho que teremos que voltar lá em breve, e fazer um passeio turístico descente :D
Tem muito mais coisa pra ver e aproveitar em Floripa, sugiro que quem vai viajar pra lá dê uma olhada nestes blogs incríveis que descobri, e que têm me ajudado muito, nas outras viagens que fiz:
 
 
Obs. Isso tudo foi em novembro/2012.
 
 
 
 




Postar um comentário